Vida em primeiro lugar

A nova forma de trabalhar

Faça o que você gosta, o que é apaixonado,
mas de um jeito prático, flexível e diferente.

1.
Você se registra

Mais jobs legais vão aparecer se você preencher com o máximo de dados e tags que mostrem no que você é bom. É rápido! Tem links, contatos e até espaço pra portifólio.

2.
Você mesmo negocia

Você fala direto com as empresas. Negocia grana, prazo e tudo mais. Sem intermediação, comissão ou algo parecido. Tudo muito transparente.

3.
Você transforma freelas em negócio.

Isso mesmo. Você pega os jobs que quer e que precisa para ter a renda que acha que merece no fim do mês.

Empresas, agências, veículos...

Encontrem aqui os profissionais que vocês precisam.

Freelancers

Garantam mais jobs todos os meses.

Blog

Artigos e Notícias sobre o Mundo Freelancer

Encontre aqui dicas super legais desse novo estilo de trabalhar. Descubra que isso é um fenômeno mundial que está mudando a relação entre vida profissional e vida pessoal.

Coronavírus: 8 dicas para se adaptar melhor ao trabalho em casa durante pandemia

A necessidade de distanciamento social para conter a disseminação do novo coronavírus está gerando distúrbios no mercado de trabalho.

Enquanto alguns brasileiros tiveram suas atividades suspensas, outros serão obrigados a trabalhar de casa pela primeira vez.

O chamado home office pode ser um desafio para funcionários e gestores, preocupados em não trabalhar demais nem serem atraídos pelas muitas distrações que seus lares oferecem.

"É uma situação bem extraordinária, que costuma exigir uma capacitação mais demorada nas empresas", diz André Brik, consultor especialista em trabalho remoto do Instituto do Trabalho Portátil.

A BBC News Brasil ouviu especialistas e reuniu dicas para se adaptar mais rápido à nova rotina. Veja aqui:


https://www.bbc.com/portuguese/brasil-52012296?fbclid=IwAR1abWmnPdKdhH5Xtb9Pp-B6rF63sujUM9mvk99BgRrI9gDgNSzSPqSgV5U

5 dicas para conciliar a família e o trabalho em casa

Sua capacidade de encontrar um equilíbrio entre a família e as demandas da vida profissional está prestes a ser testada como nunca antes.

Nas últimas semanas, tentativas de aumentar o distanciamento social e combater a pandemia de coronavírus fizeram com que empresas de todo o mundo liberassem seus funcionários para o trabalho remoto. Sem muita preparação e aviso prévio, um grande número de profissionais precisou, abruptamente, adaptar-se a novas formas de operar, liderar e conectar.

https://forbes.com.br/carreira/2020/03/5-dicas-para-conciliar-a-familia-e-o-trabalho-em-casa/?fbclid=IwAR15hukVkKfOhwiYX5qthqon_SfzB5hj0KHTaFNwGneJYij70J46OSZKXWI

Escolha um freelancer pelo like, não pelo money.

 

Se a sua empresa quer um profissional de qualidade, com experiência, que resolva seu job com a competência que você espera, então nunca, jamais, de jeito nenhum use o dinheiro como único fator de decisão. Tudo bem que o budget é sempre apertado, mas reveja as suas necessidades, a quantidade de materiais, o prazo. Tudo isso pode ser repensado de maneira que sua empresa escolha um freelancer sênior, que vai fazer um trabalho melhor, que não terá que ser refeito ou criar problemas pra você na empresa. Você não vai querer queimar seu filme, pois contratou um freelancer errado, né?

Se na vida você contrata profissionais como médicos, advogados, professores de inglês, pedreiros, pintores, babás sempre pedindo indicação, um freelancer não pode ser diferente. Não basta ver o portfólio, você precisa ver a reputação dele, o que outras empresas que o contrataram acharam dele. Ele entrega no prazo? A qualidade do trabalho foi atendida? A comunicação com o freelancer durante o processo foi perfeita? Viu, tem mais coisas que devem ser levadas em consideração na hora de fechar com um freelancer além da grana. Boa sorte!